Ocorreu na manhã desta quarta-feira, 17, mais uma reunião de formação pedagógica dos gestores das unidades de ensino de São Cristóvão. Promovido mensalmente pela Secretaria Municipal de Educação, o encontro ocorreu no Lar Imaculada Conceição, no Centro Histórico.  O prefeito Marcos Santana esteve presente à abertura da atividade e reforçou o compromisso com a educação sancristovense, tendo como linha a construção de uma política de valorização dos profissionais que atuam na área e de uma prática pedagógica que contribua para despertar o interesse dos estudantes pelo conhecimento e aprendizado.

“É muito importante essa oportunidade de encontrá-los, para que possamos aprofundar as discussões sobre a política de educação do município. Entendo que o gestor precisa ter total e completa autonomia e independência na sua escola, com os bônus e os ônus desse processo. Estamos trabalhando para que as nossas unidades de ensino possam ter essa autonomia, inclusive, para que os gestores tenham as condições estruturais necessárias para exercer a tarefa”, garantiu Marcos Santana.  

O prefeito falou ainda sobre medidas que estão sendo tomadas para valorizar a função de gestor. “Em abril, encaminhei à Câmara Municipal um projeto de lei instituindo uma nova tabela de gratificação para os gestores das nossas escolas. Estamos aguardando a votação do projeto. Demos um primeiro passo para garantir uma gratificação que respeita o trabalho de vocês, e respeita as nossas limitações orçamentárias e financeiras. Entendo que essa iniciativa é importante, mas não é só isso, precisamos oferecer a estrutura adequada para que vocês façam a gestão das nossas escolas”, pontuou.

Marcos Santana falou também da necessidade de um novo olhar sobre a gestão escolar na rede pública municipal: “Queremos uma gestão que busque os meio necessários para solucionar os problemas lá, na escola, para que tenhamos unidades mais estruturadas, com respostas efetivas e rápidas, que atendam as necessidades da comunidade. Precisamos ter escolas-vivas. Vocês representam a prefeitura, são o meu espelho na escola. Que a gente comece este tempo novo de mudança de atitudes, no respeito às pessoas e ao poder público. Tempo de escolas acreditadas, decentes, respeitadas, que tratam as pessoas com carinho, onde a comunidade possa mandar o seu filho para ter uma formação de qualidade”. 

Novo momento 
 
Um tempo novo que ecoa na comunidade escolar. A diretora Lenalda dos Santos, da Escola Municipal de Educação Infantil Maria Vandete Dias Correia, afirma que as mudanças já podem ser sentidas. “Esta gestão deixa clara, com propostas e ações, a intenção de melhorar a realidade das escolas do município e valorizar os trabalhadores. É um novo momento que estamos vivendo”, defendeu.  

Opinião compartilhada pela gestora Jeane Marquise, professora-responsável pela Creche Maria de Lourdes Gomes: “Depositamos nesta administração todas as nossas esperanças. Não é só a questão salarial, mas as condições de trabalho e o respeito profissional. Nestes poucos meses, o prefeito e toda a equipe já estão mostrando a que vieram. É, de fato, um tempo novo”. 

Fotos: Danielle Pereira