O “Bloco da Prevenção” foi um dos destaques na programação do "Carnaval dos Carnavais" no Centro Histórico, sede do município, na tarde desta terça feira (13). Dando o recado sobre  a importância de se prevenir para evitar as infecções sexualmente transmissíveis (IST), o bloco saiu da Praça da Bandeira e percorreu o circuito da folia. Em meio à festa, os foliões tiveram acesso a preservativos e orientações que contribuem com o processo de conscientização. 

Para completar, o ”Camisildo” (carro em formato de camisinha) seguiu por todo o cortejo carnavalesco, que também teve os tradicionais bonecos gigantes. O bloco foi organizado pela Secretaria Municipal de Saúde, com apoio da Secretaria de Estado da Saúde e Programa Estadual de IST/Aids.  

Integrando o Bloco da Prevenção, o prefeito Marcos Santana destacou ser fundamental a sensibilização dos cidadãos para a prevenção às IST, incorporando as ações educativas no âmbito das políticas públicas. “Temos que conversar com a população, aproveitando os espaços para conscientizá-la sobre a importância de se prevenir, de se cuidar. É uma questão de saúde pública”, pontuou o gestor sancristovense. 

Segundo a diretora de Atenção Básica do município, Adeline Passos, a iniciativa é mais uma das propostas desenvolvidas pela secretaria, que têm como objetivo alertar sobre a necessidade de cuidar da saúde, prevenindo-se. “Ao participar do carnaval e dialogar com a comunidade,  estamos  conscientizando sobre a importância de usar preservativos para evitar as IST, como HIV/Aids, hepatites virais e sífilis”, argumentou. 

O médico e gerente do Programa Estadual de IST/Aids,  Almir Santana, explicou que a ideia com o Bloco da Prevenção é incorporar a discussão à folia momesca. “Percebemos que apenas fazer campanhas educativas durante o carnaval não atingia o objetivo desejado. É preciso estar presente, fazer parte da festa. São Cristóvão está de parabéns, não só pela preocupação em conscientizar a população sobre a questão, mas por manter vivo o tradicional carnaval de rua”, observou. 

Alegria e tradição

E a programação do Carnaval dos Carnavais desta terça-feira, último dia da folia momesca, foi extensa.  Já pela manhã, no conjunto Eduardo Gomes, tiveram os blocos Fla Paixão, Tô Nem Aí, Pinga-pinga e Bloco da Valquiíria. 
 
No povoado Colônia Miranda, a folia começou cedo, às 3h, com o Saco da Madrugada, e ainda teve o bloco Junto e Misturado.  No povoado Rita Cacete, à tarde, aconteceu o Carnacatólico. Ainda pela tarde, na Bica do Pinto, sede, as atrações foram Grupo Cidade Histórica, bloco Vou lhe Pegar e Adalvenon e Andreza.
 
Também na sede, à tarde, no bairro Apicum Merem, houve o desfile do tradicional bloco As piranhas, que existe há mais de 40 anos. No Centro Histórico, além do Bloco da Prevenção, a folia ficou por conta dos blocos Molekada, União, União, Negros do Ilê Axé, A Porta, Pirilampus. À noite, a diversão prosseguiu com o cortejo com bandas de frevo. 

Feliz por São Cristóvão estar revivendo a tradição carnavalesca, que tem como marca principal o evolvimento da comunidade em todo o processo, o prefeito Marcos Santana avaliou: “Quem faz o carnaval é o povo. Nós colocamos a estrutura de saúde, limpeza e segurança, mas a festa é do povo da cidade. Todo mundo agradecendo porque retomamos a tradição do carnaval de São Cristóvão."

Fotos: Danielle Pereira


Prefeito Marcos Santana
Prefeito Marcos Santana e médico Almir Santana
Adilene Passos, diretora de Atenção Básica