“Carnaval é a lei do possível, você pode ser um grande destaque ou um simples brincante, no carnaval o importante é a alegria. O país pode não viver o seu melhor momento, mas não podemos nos privar da euforia do povo, nascemos com a festa e a alegria no peito, o Brasil é a terra do carnaval”, falou Seu Jorge do Estandarte, personagem mais que tradicional da cultura sancristovense.

Neste domingo (11), no ritmo do frevo e de outras manifestações culturais, a 10ª edição do Carnaval dos Carnavais com o apoio da Prefeitura Municipal São Cristóvão, através da Fundação de Cultura e Turismo João Bebe Água (Fundact), trouxe história e tradição para as ruas da quarta cidade mais antiga do Brasil, permitindo aos foliões a possibilidade de se fantasiar e brincar com segurança, diversão e muita alegria.

O presidente da Fundact, Gaspeu Fontes celebrou o sucesso da realização dos festejos momesco na cidade. “Tudo está funcionando bem, com muita tranquilidade e sem ocorrências policiais tanto na sede quanto no conjunto Eduardo Gomes. É um carnaval que relembra os antigos carnavais, é o povo na rua festejando.”

Domingo de Carnaval


O domingo de carnaval começou agitado com o bloco Kengas e Marias, que arrastou segundo o organizador 600 foliões pelas ruas do conjunto Eduardo Gomes. “Iniciamos o bloco em 1992 com uma aposta entre amigos para ver quem sairia vestido de mulher. A partir desta brincadeira nunca mais ficamos sem desfilar, todos os anos iniciamos com um jogo de futebol pela manhã e posteriormente saímos com o bloco pelas ruas”, contou José Carlos Santos, popularmente conhecido como Negaça.

No Centro Histórico a saída dos blocos Morde Fronha, Pirilampus, Negros do Ilê Axé, Pastoral do Idoso e o tradicional bloco União, arrastou centenas de pessoas, levando alegria e muita música aos foliões.

“Aqui é uma cidade linda, com um cenário arquitetônico maravilhoso e que combina muito com a festa. Juntamente com os amigos escolhemos o carnaval daqui pela tranquilidade e tradição, passar o carnaval pela primeira vez em São Cristóvão foi a opção certa ”, contou Gabriel Marquiori.

A foliã Maria Antonia Carvalho observou que o carnaval é mais um evento tradicional que volta ao calendário cultural da cidade. “O prefeito Marcos Santana resgatou o Festival de Artes e agora com o carnaval está fazendo com que a cidade volte a ser o que era antes. São Cristóvão está ressurgindo culturalmente, isso é muito importante para a população e para o turista que volta a visitar a cidade e a participar dos eventos”, pontuou.


Programação do Carnaval dos Carnavais


SEGUNDA-FEIRA (12/02)
BICA DOS PINTOS.
13h - GRUPO CIDADE HISTÓRICA.
15h - ADALVENON E ANDREZA.
CENTRO HISTÓRICO.
16h – BLOCO FILHOS DE DEUS.
16h30 – BLOCO ZÉ DA FOLIA.
17h – BLOCO NEGROS DO ILÊ AXÉ.
17h30 – BLOCO LASKETAS.

TERÇA (13/03)
POVOADO COLÔNIA MIRANDA.
03h – SACO DA MADRUGADA.
12h – BLOCO JUNTO E MISTURADO.
POVOADO RITA CACETE.
15h – CARNACATÓLICO DO RITA CACETE (concentração no Rio Comprido).
BICA DOS PINTOS.
13h - GRUPO CIDADE HISTÓRICA.
14h - BLOCO VOU LHE PEGAR.
15h- ADALVENON E ANDREZA.

BAIRRO APICUM MEREM
14h30 – BLOCO AS PIRANHAS.
CENTRO HISTÓRICO.
15h30 - BLOCO DA PREVENÇÃO.
16h - BLOCO MOLEKADA.
16h30 - BLOCO UNIÃO.
17h - BLOCO NEGROS DO ILÊ AXÉ.
17h30 - BLOCO A PORTA.
18h – BLOCO PIRILAMPUS.
19h - CORTEJO COM BANDAS DE FREVO.

EDUARDO GOMES
10h – BLOCO FLA PAIXÃO (concentração na Praça da entrada do Eduardo Gomes).
10h – BLOCO TÔ NEM AÍ (concentração na Praça da entrada do Eduardo Gomes).
11h – BLOCO PINGA-PINGA (concentração na Praça da entrada do Eduardo Gomes).
12h - BLOCO DA VALQUÍRIA (concentração na Praça da entrada do Conj. Eduardo Gomes).

Fotos: Márcio Garcez.


Jorge do Estandarte
Gaspeu Fontes
José Carlos Santos
Gabriel Marquiori
Maria Antonia Carvalho