A Secretaria de Assistência Social e do Trabalho (Semast) através da equipe do programa federal ‘Criança Feliz’ realizou na manhã desta quarta-feira (10), visita domiciliar às gestantes e crianças com idade de 0 a três anos, beneficiadas do programa Bolsa Família e as de três as seis anos, beneficiárias do Beneficio de Prestação Continuada (BPC) do povoado Rita Cacete.


O objetivo da ação foi promover o acompanhamento do desenvolvimento infantil integral na primeira infância, apoiar a gestante e a família na preparação para o nascimento e nos cuidados perinatais, além de fortalecer os vínculos e o papel das famílias para o desempenho da função de cuidado, proteção e educação de crianças na infância.


“O programa além de ajudar no desenvolvimento infantil contribui na construção da relação e interação da mãe com a criança. Percebíamos que antes existia uma resistência de algumas famílias em demonstrar carinho , agora essa resistência foi quebrada. Hoje muitos pais já percebem a importância dos estímulos para a criança”, falou a visitadora Maria Iralcir dos Santos.


Para Luzinete Santos Rocha, mãe do pequeno Arthur de um ano e quatro meses, o programa  possibilitou novos aprendizados na educação do pequeno e a sua relação com ele. “Gosto muito do programa e da forma como ele nos ajuda na criação dos nossos filhos, não era muito de brincar com o Arthur, depois das visitas isso virou rotina e percebi o quanto isso contribui para a educação e o desenvolvimento dele”, observou.


Programa Criança Feliz


O programa do Governo Federal incentiva as famílias a cuidarem melhor das suas crianças, e através de visitas promovidas por assistentes sociais, orientando essas famílias de como o tratamento deve ser feito, de como a amamentação deve acontecer e também de algumas dicas de nutrição infantil.

 

Fotos: Danielle Pereira.


Visitadoras do 'Programa Criança Feliz'
Luzinete Santos Rocha e o pequeno Arthur