Equipes da Secretaria de Serviços Urbanos (Semsurb) realizam limpeza no riacho da Xoxota, no Eduardo Gomes. O trabalho de manutenção tem o objetivo de evitar acúmulo de dejetos, entulhos, evitando o risco de enchentes na região, já que o riacho recebe deságue dos conjuntos Eduardo Gomes, Rosa Maria e Rosa Elze. A ação também ajuda a prevenir  a proliferação de pernilongos e aedes aegypti, causador de dengue. 

Moradora da rua Joseane Silva, próxima ao riacho, a comerciante Sara Oliveira  aprova a limpeza e relembra as ocasiões em que perdeu móveis e eletrodomésticos  por conta das chuvas e enchentes. “Esse serviço de limpeza é primordial para quem mora aqui. Na última enchente, a água ficou 1,5 metros na minha casa, perdi tudo. Além do trabalho da prefeitura, a população precisa ter consciência e não jogar lixo no riacho e nas ruas”.

José Benedito reside há 26 anos na travessa Maria Josefina e concorda que o papel da população é importante na preservação do espaço público. “As pessoas precisam cooperar e não jogar lixo nas ruas, canais e no riacho. Quando chove, nem carreta passa aqui porque alaga tudo, ficamos ilhados. Sem falar no risco de doença. A limpeza é importante, mas também precisamos de uma caixa coletora”, afirmou.

“No verão, aqui fica ótimo, mas quando chove, a região fica isolada, impossível sair de casa. No último inverno, peguei leptospirose, fiquei sem trabalhar. Que bom que a prefeitura está fazendo a limpeza”, contou o comerciante Breno Campos.

Outros serviços

Além da limpeza no riacho da Xoxota, a Prefeitura Municipal executa o serviço de varrição em diferentes pontos do Centro Histórico,  no Grande Rosa Elze e no povoado Rita Cacete, onde recupera os pavimentos da Praça. No Centro Histórico, as equipes foram direcionadas para manutenções nas praças.



Fotos: Márcio Garcez. 
 
 
 


Moradora da rua Joseane Silva, próxima ao riacho, a comerciante Sara Oliveira aprova a limpeza
José Benedito reside há 26 anos na travessa Maria Josefina e concorda que o papel da população é importante na preservação do espaço público
Breno Campos