A Prefeitura de São Cristóvão está entre as mais transparentes de Sergipe e alcançou nota 10 na avaliação realizada pelo Tribunal de Contas de Sergipe (TCE). O reconhecimento pelo compromisso e zelo da gestão com o bem público se deu na manhã desta quinta-feira, 07, pelo Tribunal de Contas de Sergipe durante o Seminário Todos Contra a Corrupção, promovido pelo Fórum Permanente de Combate à Corrupção de Sergipe (Focco/SE). Na ocasião, o prefeito Marcos Santana foi homenageado com a placa de gestor transparente.

Além de São Cristóvão, a Câmara Municipal de Pinhão e outras quatro prefeituras tiveram nota 10 no estudo do TCE: Barra dos Coqueiros, Frei Paulo, Rosário do Catete e Brejo Grande. Para chegar ao ranking, o Tribunal de Contas analisou a forma como as informações relacionadas aos gastos públicos estão acessíveis para os cidadãos através dos portais de todos os 75 municípios sergipanos. 

O prefeito Marcos Santana comemorou a avaliação e destacou a importância do índice para o município.  “A transparência e a participação popular são os pilares de nossa administração. Fico feliz em nosso portal da Transparência receber nota 10. Hoje se cumpre o que colocamos no plano de governo. Precisamos ser transparentes sempre, é uma obrigação do gestor público e nos protege. É muito importante para nós essa avaliação do TCE, um órgão com o qual buscamos trabalhar em conjunto”, declarou.

Presidente do TCE, Clóvis Barbosa apresentou a lei de número 131/2009, que versa sobre transparência na administração pública e apresentou dados de avaliações anteriores da Corte de Contas. De acordo com os dados, os municípios sergipanos melhoraram a média em relação a 2016, saltando de 5,1 para 8,8. “Esse resultado é fruto do trabalho dos órgãos de controle de Sergipe. Precisamos da colaboração de todos”, disse.

O presidente da Federação dos Municípios do Estado de Sergipe (Fames), Marcos Barreto, acredita que a análise do TCE serve de incentivo para os gestores. “Enquanto representante da Federação dos Municípios do Estado de Sergipe, gostaria de agradecer ao TCE pelo trabalho realizado junto aos municípios, de modo a deixar a gestão municipal mais transparente para a população”.

Já o vereador sancristovense Edson Pereira afirma que a cobrança da população é fundamental para uma gestão transparente, seja ela do poder executivo ou legislativo. “O trabalho que vem sendo realizado em São Cristóvão pela gestão do prefeito Marcos Santana prima pela transparência, por isso, estamos entre as seis mais transparentes do estado. A população sancristovense tem o direito e exige que as coisas sejam mais claras”.


Seminário

O Seminário Todos Contra a Corrupção foi realizado para comemorar o Dia Internacional Contra a Corrupção, celebrado no dia 9 de dezembro. No evento, foi lançada a Campanha “Todos juntos contra a Corrupção”, que objetiva mobilizar a sociedade no combate à corrupção por meio de ações de conscientização e de projetos educacionais que contribuam para a formação de cidadãos mais conscientes, íntegros e engajados. A iniciativa partiu da Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (Enccla), que reúne mais de 70 órgãos e entidades no país.

Fórum Permanente de Combate à Corrupção de Sergipe

Criado em 2015, o Fórum é formado por representantes dos Ministérios Públicos Federal, Estadual e Especial de Contas, Tribunais de Contas da União e do Estado, além das Controladorias Gerais da União e do Estado. As instituições atuam de forma integrada na busca de práticas uniformes para o diagnóstico, prevenção e repressão à corrupção.

Fotos: Márcio Garcez.
 


Presidente do TCE, Clóvis Barbosa apesentou a lei de número 131/2009, que versa sobre transparência na administração pública e apresentou dados de avaliações anteriores da Corte de Contas
O presidente da Federação dos Municípios do Estado de Sergipe (Fames), Marcos Barreto, acredita que a análise do TCE serve de incentivo para os gestores