Com o objetivo de ampliar o acesso das populações mais carentes aos programas e projetos de governo que visam reduzir os índices de desproteção social, a Secretaria Municipal de Assistência Social e do Trabalho (Semast) realiza a primeira edição do “Tempo de Conhecer”. A ação acontece na próxima quinta-feira (31), na Escola Rural Rita Cacete, no povoado Rita Cacete, das 9h às 16h.

O projeto "Tempo de Conhecer " se apresenta como uma unidade do Cadastro Único que irá ofertar um serviço itinerante nas comunidades de difícil acesso do município de São Cristóvão, garantindo o cadastramento das famílias que possuem dificuldades de deslocamento até uma unidade fixa de atendimento ou que desconhecem os critérios de inscrição e as vantagens do cadastro ao acessarem os programas, projetos, serviços e benefícios do Sistema Único de Assistência Social (SUAS).

A iniciativa irá ofertar serviço de inscrição no Cadastro Único; atualização Cadastral; Consultas, desbloqueios atendimentos, informações acerca das condicionalidades do Bolsa Família; Entrega de cartões dos beneficiários do Bolsa Família, bem como esclarecimento de dúvidas acerca dos benefícios do INSS.

De acordo com a secretária da Semast, Fernanda Rodrigues Santana, a meta é contemplar o maior número possível de cidadãos que necessitam ser assistidos por programas sociais e, consequentemente, permitir a qualificação dos dados cadastrais da secretaria. “O Cadastro Único dá sustentação às políticas e serviços de ordem sociais ofertados pela Semast. Ele nos dá informações sobre a situação social e econômica dos cidadãos e nos direciona sobre quais políticas a serem aplicadas”, informou a secretária.

Documentação necessária

Para participar do cadastro o cidadão deve comparecer ao local munido de RG, CPF, comprovante de residência, título eleitoral e carteira de trabalho. Para cadastramento familiar é necessário RG, CPF e declaração escolar dos demais membros da família.

Foto: Danielle Pereira


Fernanda Santana