Na manhã desta terça-feira (29), no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Sede, localizado nas imediações da praça do Carmo, Centro Histórico do município, aconteceu o Seminário Intersetorial do Programa Criança Feliz, sob coordenação da Secretaria Municipal de Assistência Social e do Trabalho (Semast), reunindo também as Secretaria Municipais de Educação e Saúde. A iniciativa é do governo federal, respaldado pelo governo do estado que dá todo o suporte para a execução do projeto dentro de São Cristóvão.

O criança Feliz priorizará crianças de até três anos beneficiárias do Bolsa Família, e as de até seis anos e suas famílias beneficiárias do Benefício de Prestação Continuada (BPC), além de mulheres gestantes. As famílias serão acompanhadas por profissionais capacitados (das mais diversas áreas), que farão visitas domiciliares periódicas. Segundo explicou a coordenadora estadual do Criança Feliz, Rita de Cássia Ferreira, os trabalhos em Sergipe iniciaram no primeiro semestre, contemplando 65 municípios. Dentro deste contexto, São Cristóvão atenderá aproximadamente 200 pessoas.

“Atuamos baseados no fortalecimento dos laços entre o cuidador e a criança e também contribuindo para o desenvolvimento infantil, já no início da vida destes futuros cidadãos. A adesão é voluntária, e destina-se a pessoas que vivem na extrema pobreza ou que estejam vivendo em vulnerabilidade social. Passando orientações sobre como trabalhar o processo cognitivo da criança, contribuindo para fortalecer os vínculos familiares”, informou a coordenadora estadual, que pontuou ainda que Sergipe pioneiro no quesito formação dos supervisores para o programa e também o primeiro estado a realizar as visitas domiciliares (começando por Pacatuba).

De acordo com a coordenadora de atenção básica da Semast, Charlene Silva Mendonça, a junção entre as secretarias envolvidas no projeto dará um maior respaldo às ações que serão implantadas junto à população. “Temos que fortalecer a rede de serviços ofertados no município, envolvendo estas e outras secretarias para que juntos possamos fazer um trabalho eficiente. Agradecemos também o apoio do estado na execução deste programa e por inserir São Cristóvão na lista de contemplados”, frisou.

Para Crislaine da Silva Santos, o Criança Feliz vem despertar o olhar para as situações do cotidiano. “É sempre bom termos este estímulo vindo do olhar do outro, uma vez que no nosso cotidiano, enquanto pais de crianças, podemos deixar de ensinar algumas coisas fundamentais. Eu tive pais presentes e estes me ensinaram o que levo para a minha vida hoje enquanto adulta. Desta mesma forma procuro ensinar algumas coisas para meus três filhos, me preocupando em dizer um sim ou um não na hora certa”, disse.

Participaram ainda do evento: a secretária municipal de saúde Joélia Silva Santos e a coordenadora de Educação Infantil do município, Thallyta Aragão (que na ocasião representou a secretária de Educação de São Cristóvão, Andréa Hermínia de Aguiar Oliveira).


Fotos: Márcio Garcez.


Charlene Silva Mendonça
Crislaine da Silva Santos
Joélia Silva Santos